Vitela da Extremadura

Raças estremenhas

Os bovinos da IGP Ternera de Extremadura são criados no montado estremenho e a indicação abrange todos os distritos da Comunidade Autómoma.

As raças estremenhas que se alimentam nos nossos montados e estão abrangidos pela IGP são a Retinta, Avileña-Negra Ibérica, Morucha, Blanca Cacereña, Berrenda en Negro e en Colorado e os cruzamentos entre elas.

A Blanca Cacereña esteve a ponto de desaparecer em meados dos anos setenta do séc. XX. Esta e os seus cruzamentos com o tronco-ibérico de Capa negra deram lugar à variante racial Barroso Extremeño.

O cuidado do animal é intensivo desde o seu nascimento. Os vitelos são amamentados até aos cinco meses e o resto da vida são alimentados no montado. Apenas recebem suplementos alimentares quando as pastagens se esgotam e a alimentação, à base de palhas, fenos, cereais, leguminosas e concentrados fibrosos, é rigorosamente controlada pelo Conselho Regulador da IGP.

Outra particularidade dos animais da IGP Dehesa de Extremadura é que convivem com a criação de ovelhas merinas e porco ibérico, assim como com a fauna silvestre. Uma vez mais, o sistema de exploração do montado é o melhor aliado da relação homem-ecossistema, num momento em que a sustentabilidade, respeito e conservação do ambiente é tão necessariamente reconhecido.

A IGP certifica três tipos de animais para abate, em função da idade:

vitelo, idade entre os 7 e os 12 meses, caracterizada pela sua carne rosa brilhante com gordura branca. A sua alimentação provém fundamentalmente do leite materno, sendo admitida a suplementação com recursos alimentícios previamente autorizados.

Anho, entre os 12 e os 16 meses, de carne vermelha-clara a púrpura e gordura branca.

Novilho, entre os 16 e os 36 meses, de carne vermelha-cereja e gordura amarelada.

Tudo isto, juntamente um rigoroso controlo desde a sua origem até à etiquetagem e certificação do produto fazem com a IGP Ternera de Extremadura cumpra a sua máxima «do montado para o prato».

Tempo

Cáceres

7Jun

Poco nuboso

13 ºC

26 ºC

8Jun

Poco nuboso

10 ºC

25 ºC

9Jun

Despejado

13 ºC

26 ºC

10Jun

Poco nuboso

13 ºC

29 ºC

11Jun

Intervalos nubosos

11 ºC

29 ºC

12Jun

Intervalos nubosos

13 ºC

26 ºC

Em imagens

AltAltAltAlt

Se você gosta Vitela da Extremadura você também vai gostar...

Alt

Queijo Ibores

O queijo de cabra da Extremadura tem nome próprio: Queijo Ibores. É um queijo gordo, com casca semidura, cor marfim, com pimentão ou azeite. O seu nome provém do distrito onde se criam as maiores...

Alt

Licores

Além da exportação das frutas, com vários milhões de quilos de cerejas por ano, o Agrupamento de Cooperativas do Vale do Jerte iniciou, em 1989, um processo de destilação de fruta que hoje é...

Alt

Tomates

A vila de Miajadas, situada a sul da província de Cáceres, está estreitamente vinculada ao regadio, onde se destacam os cultivos de arroz e de tomate. Este último é a fonte principal da sua...

Alt

Montado da Extremadura

O presunto da Extremadura é o melhor presunto ibérico do mundo. Não é fruto do acaso.

Mais coisas que você pode encontrar em Cáceres

Alt

Festas de interesse turístico

A província tem uma festividade de Interesse Turístico Internacional e duas festividades foram declaradas de Interesse Turístico Nacional. A primeira, e mais importante, é a Semana Santa de...

Alt

Cidade monumental de Cáceres

A topografia condicionou o desenvolvimento urbanístico de Cáceres por se encontrar num elevado terreno desigual, entre a Serra de la Mosca e a Sierrilla, sobre um solo de quartzitos endurecidos e...

Alt

Artesanato

Cáceres é história, é cultura, arte, natureza... e a sua gente. Os habitantes que deram caráter a estas terras, aos seus recantos, foram os seus protagonistas durantes séculos e souberam conservar...

Alt

Conjunto Histórico de Cáceres

A 21 de janeiro de 1949 foi publicado o Decreto de declaração de Cáceres como Conjunto Monumental e, em 1986, a UNESCO incluiu o Conjunto Histórico de Cáceres na lista mundial do Património da...

Servicios turisticos

No Instagram... #instacaceres