Arroz

Produtores nacionais de relevo

A Extremadura é protagonista no que se refere à produção nacional de arroz. A sua produção nacional é liderada pela Andaluzia, seguindo-se a Extremadura, com mais de 25 000 hectares de zona de cultivo. Encontramo-las principalmente em Vegas del Guadiana e em Cáceres, mas a povoação mais relevante no seu cultivo é Miajadas que conta, além disso, com uma unidade industrial de preparação, vaporização e embalagem, sendo um importante motor económico da localidade e arredores.

Por variedades, a índica (arroz de grão alongado) é a principal variedade cultivada nesta província, seguida da japónica (arroz de grão redondo).

O Guadiana permitiu que as Vegas del Guadiana sejam uma zona fértil regada pelas suas águas no seu percurso em direção ao Atlântico. Os regadios desta zona dão lugar a um rico agroecossistema aquático de enorme interesse ecológico. 

Atualmente, são cinco as cooperativas de agricultores de arroz que dão vida a uma moderna indústria arrozeira com capacidade para elaborar e transformar a maior parte da sua produção.

O arroz é cultivado nas explorações dos seus sócios. Em todas as fases são assessorados pelos serviços técnicos das próprias cooperativas e o cultivo é realizado de acordo com as suas prescrições e indicações, e em conformidade com os requisitos da produção integrada. É de salientar que se trata de um sistema de produção agrária que utiliza práticas compatíveis com a proteção e melhoria do meio ambiente, dos recursos naturais, da diversidade genética e conservação do solo e da paisagem, muito próximo dos modos de cultivo ecológicos.

A recolha é realizada de forma mecanizada, o arroz com casca é transportado para os armazéns das cooperativas onde é submetido a uma primeira seleção e classificação. Aí permanece armazenado à espera de ser transportado para a fábrica de transformação, onde é embalado para chegar nas melhores condições às nossas cozinhas.

A restauração de Miajadas encarrega-se, também, de dar visibilidade a este produto local de máxima qualidade. De modo que não é estranho que nos melhores restaurantes se depare com interessantes propostas com arroz e as suas diferentes formas de o cozinhar: com lavagante, marisco, peixe, arroz «a banda»... Que prato lhe apetece saborear hoje?

Em imagens

AltAlt

Se você gosta Arroz você também vai gostar...

Alt

Patatera

A patatera é um enchido típico de Cáceres e do resto da Extremadura, composto por cachaço de porco ibérico e batata cozida condimentada com sal e Pimentón de la Vera, alho e especiarias e curado...

Alt

Azeite Gata-Hurdes

A DOP Gata-Hurdes integra as regiões de Gata, Hurdes, Trasierra Tierras de Granadilla, parte de Alagón, Ambroz, Jerte e La Vera e inclui 84 municípios do norte da província de Cáceres.

Alt

Borrego da Extremadura

A IGP reúne borregos que pastam nos montados de Cáceres e Badajoz e são criados com leite materno durante os primeiros 45 dias da sua vida. As mães são ovelhas de raça Merino ou cruzamentos com...

Alt

Mel Villuercas Ibores

O mel como Denominação de Origem Protegida Miel Villuercas-Ibores é um produto natural produzido pelas abelhas Apis mellifera. A zona geográfica tradicional de produção Miel Villuercas-Ibores está...

Mais coisas que você pode encontrar em Cáceres

Alt

Festas de interesse turístico

A província tem uma festividade de Interesse Turístico Internacional e duas festividades foram declaradas de Interesse Turístico Nacional. A primeira, e mais importante, é a Semana Santa de...

Alt

Cidade monumental de Cáceres

A topografia condicionou o desenvolvimento urbanístico de Cáceres por se encontrar num elevado terreno desigual, entre a Serra de la Mosca e a Sierrilla, sobre um solo de quartzitos endurecidos e...

Alt

Artesanato

Cáceres é história, é cultura, arte, natureza... e a sua gente. Os habitantes que deram caráter a estas terras, aos seus recantos, foram os seus protagonistas durantes séculos e souberam conservar...

Alt

Conjunto Histórico de Cáceres

A 21 de janeiro de 1949 foi publicado o Decreto de declaração de Cáceres como Conjunto Monumental e, em 1986, a UNESCO incluiu o Conjunto Histórico de Cáceres na lista mundial do Património da...

Servicios turisticos

No Instagram... #instacaceres