Ruínas romanas de Cáparra

Cidade imperial

Cáceres conta entre os seus tesouros inúmeros vestígios do seu esplendor da época romana. Entre eles, destacam-se as ruínas romanos de Cáparra, que encontramos na região de Tierras de Granadilla, a norte da província de Cáceres, entre a área municipal de Oliva de Plasencia e Guijo de Granadilla.

A sua excelente localização, a sua posição dominante numa colina, atravessada pela Via da Prata e junto do rio Ambroz, fizeram com que este enclave romano chegasse à categoria de municipium na época de Vespasiano, cerca do ano 74 d.C. É a partir deste momento que Cáparra se começa a desenvolver verdadeiramente como cidade. O seu declínio, durante a Alta Idade Média, período em que começa a despovoar-se, é acentuado a partir da invasão muçulmana.

O elemento mais representativo desta antiga cidade romana é o seu arco tetrapylum (tetrapilone) ou quadrifronte, isto é, com quatro portas. Arco que podemos encontrar no centro da cidade, atravessado pela estrada romana Via da Prata.

O arco tetrapilone é composto por fundações de grandes silhares com acabamento almofadado. Os capitéis, por seu lado, terminam numa cornija sobre qual se alça uma arquivolta a partir da qual se desenvolve a abóboda de aresta. Este arco é o único do seu género na Península Ibérica.

A ponte romana de Cáparra faz parte do Conjunto Monumental de Cáparra. A obra não está datada no tempo e consta de quatro arcos dos quais apenas os dois centrais podem ser considerados obra plenamente romana.

Os arcos são de volta perfeita e as abóbodas partem de uma fiada ressaltada. A montante, um dos quebra-mares dos pilares que entram no leito é triangular e outro trapezoidal, sendo plano o paramento a jusante. A obra está revestida com silharia granítica disposta em fiadas irregulares.

Ambas foram incluídas na categoria de Monumentos no ano de 1931.

É de destacar que, desde 2017, as ruinas romanas fazem parte do Festival Internacional de Teatro Clássico de Mérida, e são utilizadas como palco para algumas das suas obras.

Tempo

Zarza de Granadilla

3Aug

Poco nuboso

17 ºC

33 ºC

4Aug

Poco nuboso

19 ºC

33 ºC

5Aug

Despejado

18 ºC

34 ºC

6Aug

Poco nuboso

16 ºC

33 ºC

7Aug

Intervalos nubosos

17 ºC

30 ºC

Em imagens

AltAltAltAltAltAlt

Se você gosta Ruínas romanas de Cáparra você também vai gostar...

Alt

Catedral de Coria

A cidade de Coria é a mais importante da zona noroeste de Cáceres e é conhecida pelo seu grande valor histórico-patrimonial, sendo de destacar a sua catedral.

Alt

Ponte romana de Alcántara

A ponte de Alcántara, de origem romana, foi construída entre os anos 104 e 106 e declarada, em 1924, Bem de Interesse Cultural, com categoria de Monumento.

Alt

Conjunto Histórico de Villanueva de La Vera

Trata-se de uma das localidades mais orientais do distrito de La Vera, declarada Conjunto Histórico em 1982.

Alt

Conjunto Histórico de Cáceres

A 21 de janeiro de 1949 foi publicado o Decreto de declaração de Cáceres como Conjunto Monumental e, em 1986, a UNESCO incluiu o Conjunto Histórico de Cáceres na lista mundial do Património da...

Mais coisas que você pode encontrar em Tierras de Granadilla

Alt

Conjunto Histórico de Granadilla

Granadilla foi fundada por muçulmanos no séc. IX. Desde então, as diferentes culturas que conviveram entre as suas muralhas alteraram o seu devir em várias ocasiões.

Servicios turisticos

No Instagram...